BERNARD ZINCK

violino

O. Respighi (1879-1936)

Sonata para violino e piano em Si menor (1917)

Moderato.

Andante espressivo.

Passacaglia

 

 

O. Messiaen (1908-1992)

Thème et Variations para violin e piano (1932)

 

 

 

M. C. Guarneiri (1907-1993)

 

Sonata n. 4 para violino e piano (1956)

Energico ma expressivo

Intimo

Allegro appassionato

12H30  l  quarta-feira  l  26 de agosto

Bernard Zinck_violinista SIM USP Agosto

Bernard Zinck, violinista, é professor de violino e diretor dos Estudos de Música de Câmara na Universidade de Wisconsin-Milwaukee, EUA. Em 2018, foi contemplado com Certificado de Excelência no Ensino de Música pela Milwaukee Civic Music Association. Desde 2011, é o diretor artístico e fundador do Lakeside Chamber Music Workshop em Lake Forest, Illinois. Também fez parte do corpo docente da Music Alps Academy (França), Köhln Summer Institute em Montepulciano, International Lyric Academy de Roma, Tuscia Opera Festival (Itália), Swannanoa Chamber Music Festival, e do Holly Trinity Summer Music Camp (Haiti). É regularmente convidado para ministrar masterclasses ao redor do mundo. Seus alunos têm sido aceitos nos programas de música da Juilliard School, do New England e San Francisco Conservatories e do Cleveland Institute. Suas performances como violinista têm sido aclamadas como de “acuidade de afinação impecável” e “técnica formidável”. A The Strad Magazine destacou sua “sonoridade coesa e opulenta” e “seu vibrato trazendo momentos de puro êxtase”, enquanto a Fanfare Magazine se declarou impressionada pela qualidade suntuosa de sua performance, que a French Figaro resumiu com a expressão “violino solar”. Zinck se apresentou como solista com várias orquestras, como as Sinfônicas do Novo México, de San Juan e a Princeton Chamber Players nos EUA; Sinfônicas de Porto Alegre, Unisinos, Caxias no Brasil; Filarmônica Nacional Húngara, Bohemia Symphony; Radio-Television Orchestra da Romênia, New Opera Di Roma e Sinfônica de Tours na Europa. Em Paris, fez a première europeia do Concertino de Chebaline para violino e cordas op. 14 n.1 com a Orchestre National de la Garde Républicaine. Já gravou pela Ligia Digital (Karol Szymanowski, obras completas para violino e piano), Musical Heritage Society (solo e música de câmara de Bach, Kodàly, Ravel e Ysaÿe) e Vienna Masters (Uncommon Voices, música de câmara de Burt Levy e Yehuda Yannay). Desde 2002, Bernard Zinck toca um “Feibelmann”, violino de Giovanni Battista Rogeri de 1690 - uma aquisição feita graças ao apoio da familia Bass. http://www.bernardzinck.com

LÚCIA BARRENECHEA

piano

Lucia Barrenechea 2019 SIM USP Agosto 2.

Lúcia Barrenechea é pianista e professora titular de piano no Instituto Villa-Lobos da UNIRIO, onde também atua no Programa de Pós-Graduação em Música e no PROEMUS – Mestrado Profissional. Realizou seu bacharelado na UFG, mestrado na Universidade de Boston, e doutorado na Universidade de Iowa, EUA. Atuando intensamente como solista, apresenta-se regularmente em recitais por várias cidades brasileiras. Foi solista junto às Sinfônicas do Estado de São Paulo, de Goiânia, do Teatro Nacional Claudio Santoro, de Barra Mansa, Jovem de Goiás, Filarmônica de Goiás, sob a regência de Eleazar de Carvalho, Emanuel Martinez, Parcival Módolo, Eliseu Ferreira, Fabio Mechetti, Norton Morozowicz e Vladmir Prado. Reconhecida como notável camerista, tem se apresentado com grandes nomes do cenário nacional e internacional. Com seu marido, o flautista Sérgio Barrenechea, forma desde 1989, o Duo Barrenechea. Em 2015 o duo lançou o CD e DVD “Brasíleiríssimo: Encontros”. Em 2016 o projeto foi apresentado em turnê internacional no Peru, Áustria e Estados Unidos. Seu primeiro CD solo, “Saracoteio - Piano Brasileiro” foi lançado em 2009. Em 2011 participou da turnê europeia de lançamento do CD triplo “A Música para Flauta de Francisco Mignone”. Tem sido frequentemente convidada para atuar como professora dos mais diversos festivais de música do país. Em 2013 lançou, em parceria com o violoncelista Hugo Pilger, o CD/DVD “Presença de Villa-Lobos na Música Brasileira para Violoncelo e Piano” e, em 2017, na forma de CD duplo, o 2º volume desse projeto.