12H30  l  quarta-feira  l  10 de Junho

MINSOO SOHN

piano

L. V. Beethoven (1770-1827)

 

Sonata n. 30, em Mi maior, Op. 109 (1820)

Vivace ma non troppo - Adagio expressivo

Prestissimo

Andante molto cantabile ed espressivo

 

Andante favori, WoO 57 (1803-4)

Andante grazioso con moto

Sonata n. 21, em dó maior, Op. 53 “Waldstein” (1803-04)

Allegro con brio

Introduzione. Adagio molto

Rondo. Allegretto moderato - Prestissimo

Minsoo Sohn 04 SIM Junho.jpg

Conhecido como um intérprete com visão poética e inteligência musical, Minsoo Sohn costuma receber elogios da crítica e do público por seu virtuosismo magistral e sua musicalidade profunda. O The New York Times chamou sua gravação pelo selo Honens das Variações Goldberg de Bach de “interpretação lindamente articulada e radiante” e a classificou como uma das principais de 2011.

Sohn viajou extensivamente pela América do Norte, do Sul, Europa e Israel, incluindo o Weill Recital Hall do Carnegie Hall, Teatro Colon de Buenos Aires, Glenn Gould Studio e St. Lawrence Centre for the Arts de Toronto, Symphony Hall, Jordan Hall e Gardner Museum de Boston, Jack Singer Concert Hall, Arrata Opera Center e Rozsa Center de Calgary, Chan Centre de Vancouver, Rolston Recital Hall de Banff, Centro Nacional de Artes de Ottawa, Centro Cultural de Chicago, Severance Hall de Cleveland, Herbst Theatre de São Francisco, Palacio de Festivales de Cantabria em Santander, Museu de Arte e Mann Auditorium de Tel Aviv, Palácio de Belas Artes e Theatre Royal de la Monnaie de Bruxelas, Gasteig de Munique. Participou também dos Festivais de Monadnock de New Hampshire, International Keyboard Institute de Nova York, Santander, Eilat de Israel, Festival Internacional de Música de Câmera de Ottawa, Colors of Music, Tuckamore e Gilmore Rising Stars Series, Celebrity Series de Boston.

Colaborou com maestros como Gilbert Varga, Keith Lockhart, Yannick Nézet-Séguin, Jane Glover, Yoav Talmi, Goerges Octors, Jahja Ling, David Hoose, Roy Goodman, Andrew Grams e Avner Biron e tocou com orquestras como Sinfônica de Boston, Boston Pops, Filarmônica de Calgary, de Israel, Sinfônica de Edmonton, do Québec, de New Hampshire, de Tallahassee, Camerata de Jerusalem, Holland Symfonia, Orquestra Nacional da Bélgica, Orquestra de Câmara de Cleveland.

Como camerista, apresentou-se com os Quartetos Aviv, Cecilia e Ysaÿe, colaborou com Lawrence Lesser, Dong Suk Kang, Suren Bagratuni, Young Chang Cho. Apresentou-se com o grupo de dança Mark Morris e com a Orquestra Emmanuel Music.

A notável interpretação de Sohn das Variações Goldberg de Bach foi difundida várias vezes na CBC - incluindo transmissão ao vivo do concerto de comemoração ao 75º aniversário de Glenn Gould - e no Performance Today da NPR. Fez participações especiais em várias outras estações de rádio, incluindo WFMT (Chicago), WGBH Classical Performance (Boston), The New Classical 96.3FM Live from the Concert Lobby (Toronto) e CBC Live on Studio Sparks (Ottawa). Sua performance no concerto Boston Symphony Salute foi transmitida nos canais CBS e A&E. Foi destaque também no Bravo! channel do Canadá.

Lançou três gravações que foram aclamadas pela crítica, incluindo o New York Times, New Yorker Magazine, Plain Dealer, Gramophone, Toronto Star.

Em 2006, Sohn obteve o primeiro lugar no Concurso Internacional de Piano Honens, no Canadá. Antes disso, já havia sido laureado em competições internacionais como Busoni, Cleveland, Hilton Head e Rubinstein.

Nascido na Coréia, Sohn começou os estudos de piano aos três anos de idade. Mudou-se para Boston para estudar com Russell Sherman e Wha Kyung Byun no New England Conservatory, onde recebeu seu Artst Diploma em 2004. Depois de lecionar na Universidade Estadual de Michigan por cinco anos, retornou à terra natal, para se tornar professor na Universidade Nacional das Artes da Coréia, em 2015.

Realizou masterclasses em instituições em todo o mundo e atuou como jurado nos Concursos Internacionais Top of the World e Honens. Para a comemoração do 250º aniversário de Beethoven, Sohn lançará a gravação da integral das 32 sonatas para piano em 2020.